7 Comentários

  1. Gerentespina

    O Negocio é o Seguinte, simples, tem muito corretor  entrando no barulho das construtoras  que estão  abusando dos preços , absurdos e depois vão acabar se queimando com os seus clientes dando altos prejuizos, pois o mercado esta praticamente inchado de  Aptos  prontos com  otimos preços enqt os lançamentos estao saindo com valores bem acima da realidade!!! quem ira pagar o pato daqui 3 anos ! vc mesmo corretor, cuidado com o que fala nao compre a ideia das construtoras ,  pois elas mesmas estao dando descontos ridiculos  de 30 a 45 mil reais em aptos onde  quem comprou no lançamento so esta perdendo, Não seria mais facil  entrar com um preço justo ja ! e vender  bem , mas elas preferem  colocar 150 corretores em um unico local e ver  vender 15 aptos  , acorda Brasil mas isso é outra historia cuidado para vc nao perder seu cliente!

    Responder
  2. Fernanda

    Normalmente, quando o cliente vai olhar o imóvel in loco, ele já sabe o preço, que quase sempre é divulgado com o anúncio. Em alguns anúncios, encontramos o tal “preço sob consulta”, artifício que pode trazer alguns transtornos, pois o cliente já chega meio ressabiado e com dúvidas pré-formuladas, já soube de um caso onde houve grande estresse no contato pois veio a pergunta “é o mesmo preço para todo mundo???”… Na verdade, o que conta mesmo como trunfo para o corretor, é conhecer o imóvel (seu ‘produto’) nos mínimos detalhes, o que nem sempre ocorre. Há corretores que levam o cliente ao imóvel sem mesmo ter feito uma visita anterior para conhecer todos  os detalhes do local, e penso que justamente ‘os detalhes’ é que fornecem argumentos robustos na hora de negociar preço. São os detalhes que definirão o Valor, são elementos intangíveis, que podem ser decisivos no fechamento da venda! 

    Responder
    1. imobex

      Olá Fernanda! Concordamos com a sua colocação, pois o conhecimento do imóvel por parte do corretor de imóveis é primordial mesmo. Sabendo todos os detalhes e os pontos positivos do imóvel é que o corretor poderá ter argumentos que sejam válidos ao apresentar a justificativa do preço do imóvel. Agradecemos a sua participação, seja sempre bem-vinda! :)

      Responder
  3. Izidoroimoveis

    Aprendi que nada que se vende tem preço. Tem valor. E todo valor é alto ou baixo, dependendo das características do produto e da necessidade que se tem do mesmo, ou seja, o valor é relativo, depende do custo-benefício. Logo, o “valor” é dado ao imóvel logo no inicio da venda, quando se mostra o imóvel ao promitente comprador, demonstrando as suas qualidades e as vantagens em adquiri-lo. Quando esses valores são evidenciados no inicio da negociação, e o cliente fica convencido, o valor financeiro se torna apenas um pequeno obstáculo a ser transposto, e com uma postura profissional isso se resolve facilmente.

    Responder
  4. Paulo-sergiom

    odorei esse comentario, é bom ter sempre uma carta na manga para não perder o cliente, outro imoveis para comparar

    Responder
  5. Ftsilva57

    Realmente o conhecimento faz a diferença. Entre os corretores de imóveis a hora de dar o preço é sempre um problema. Ainda mais se a apresentação não encantou o cliente.
    Precisamos apresentar o produto, seus benefícios, vantagens e características de forma a tornar o preço um mero detalhe da venda.

    Responder
    1. imobex

      Olá. Realmente a apresentação do imóvel, a demonstração de seus benefícios, vantagens e (boas) características devem ser os diferenciais no momento de falar o preço do mesmo. Se esses fatores forem bem colocados ao cliente, passando confiança e credibilidade, com certeza o “detalhe” do preço não será um empecilho para um corretor qualificado. Obrigado pelo comentário, abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>